Câmara de Vereadores de Salgueiro abre CPI para investigar ausência de repasses da prefeitura ao Fundo Previdenciário

Na segunda parte da Sessão Ordinária desta quarta-feira (21), a Câmara de Vereadores de Salgueiro instalou uma Comissão Especial de Inquérito (CPI) para investigar denúncia de falta de repasses ao Funpressal (Fundo de Previdência dos Servidores de Salgueiro) – tanto a parte patronal quanto a descontada dos funcionários públicos.

O pedido de criação da CPI foi apresentado pelos vereadores Agaeudes Sampaio, Léo Parante, Baldinho dos Anjos, Henrique Leal Sampaio, Emmanuel Sampaio e Flávio Barros no fim do ano passado e aceito em plenário. Como a solicitação foi feita por 1/3 dos membros da casa, não houve necessidade de votação para aprovação da CPI.

Com prazo determinado de 90 dias, que pode ser prorrogado caso haja necessidade, a comissão foi composta pelos seguintes membros: Professor Agaeudes (União Brasil), Flavinho Barros (PSD), Léo Parente (PL), Mariano Barros (PDT) e Bruno Marreca (sem partido).

Após a conclusão da CPI, será elaborado um relatório com todas as informações colhidas durante a investigação. O documento pode subsidiar denúncias ao Ministério Público e autoridades judiciais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *