Líder do PCC preso em Salgueiro é encaminhado a presídio federal de Brasília

Preso em Salgueiro no dia 16 de abril, o líder do Primeiro Comando da Capital (PCC), Valdeci Alves dos Santos, conhecido como Colorido, foi transferido, na manhã desta sexta-feira (22), do Cotel, localizado em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife para a penitenciária federal de Brasília. O PCC é a maior facção criminosa do Brasil.

Marcos Williams Herbas Camacho, o Marcola, chefe máximo do Primeiro Comando da Capital (PCC), e outros 21 membros da facção estão em presídios federais. Eles são apontados como quadros da chamada “Sintonia Final”, a hierarquia mais elevada dentro da organização criminosa.

Até o final de 2021, o presídio federal de Brasília mantinha 29 presos, incluindo Marcola, principal chefe do PCC, que foi transferido para Porto Velho no mês passado.

Ao todo, o Brasil tem cinco presídios federais. Além do de Brasília, o sistema penitenciário federal abrigava, até o fim do ano passado, 109 pessoas em Mossoró (RN), 123 em Catanduvas (PR), 124 em Campo Grande (MS) e 112 em Porto Velho (RO).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *