Bebê nasce com anticorpos contra Covid-19 em Recife; mãe foi vacinada na gestação

A dentista Anna Carla Calazans, de 33 anos, e o marido, o médico ortopedista Antonio Carlos Souza, 32, tiveram uma surpresa ao perceber, na segunda-feira (31), que a filha, Anna Carolina Calazans, de 21 dias, tem 94,2% de imunidade contra a Covid-19. A informação foi confirmada por meio de um teste de anticorpos totais neutralizantes feito em um hospital particular do Recife.

Anna Carla estava grávida de sete meses quando recebeu as duas doses da CoronaVac/Butantan, em posto de vacinação de Olinda, no Grande Recife.

Depois de tomar as doses do imunizante nos dias 15 e 30 de março, a dentista fez o teste de anticorpos em abril. O resultado foi o mesmo do exame da filha: 94,2%.

“Para quem ainda está em dúvida se deve tomar ou não, eu diria para acreditar na ciência, acreditar na vacina e pensar no bem para os filhos. É uma proteção para eles, uma esperança para a gente e um sossego”, afirmou.

Profissionais da área de saúde, Anna Carla e o marido eram considerados de alta exposição ao vírus. Mesmo assim, foram muitas as críticas quando ela decidiu que tomaria a vacina durante a gravidez. Na época, eram poucos os estudos sobre a segurança e eficácia da imunização na gestação.

“Meu marido foi vacinado em janeiro e logo depois falei para o meu médico que queria. Na época, me chamaram de louca, mas eu só pensava no bem que eu poderia estar fazendo para a minha filha. Nem lembrava de mim, só pensava que estava protegendo ela. E realmente foi o que aconteceu”, ressaltou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *