Fabinho leva milhares de pessoas para o lançamento da sua pré-candidatura a deputado estadual

O contador e empresário Fabinho Lisandro, lançou na noite dessa quinta-feira (28), sua pré-candidatura a deputado estadual pelo Patriota. O ato reuniu milhares de pessoas no clube ACS, no Centro de Salgueiro. De forma espontânea e animada, os salgueirenses abraçaram a pré-candidatura do conterrâneo.

Além de caravanas vindas de todas as regiões do estado, estavam presentes o pré-candidato a governador Miguel Coelho (UB), o ex-prefeito Clebel Cordeiro (PL), o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB), o prefeito de Petrolina, Simão Durando (UB), o ex-deputado estadual, Dr. Ulisses Tenório (PSB), toda bancada de oposição da Câmara de Vereadores, vereadores e suplentes de cidades como Mirandiba, Parnamirim, Terra Nova, Verdejante, entre outras lideranças políticas de várias regiões de Pernambuco.

Em discurso, o pré-candidato à Alepe disse que quer trazer esperança para o Sertão. “Eu tenho orgulho de ser filho dessa terra. Como foi dito, o sertanejo é, antes de tudo, um forte. E com essa força queremos fazer nossa gente ter esperança e desenvolvimento. Vamos, juntos com Miguel, fazer a transformação que esse povo precisa”, afirmou.

 

Butantan convoca adolescentes para teste de vacina contra chikungunya no Recife

O Butantan convoca adolescentes de 12 a menores de 18 anos para participarem de testes da vacina contra a chikungunya no Recife. O imunizante é desenvolvido pelo instituto brasileiro em parceria com a empresa de biotecnologia franco-austríaca Valneva.

Para participar dos testes, os interessados devem preencher um formulário com informações como nome completo, telefones e questões ligadas à saúde – o cadastro pode ser feito neste link.

Não podem participar dos testes adolescentes gestantes, quem esteja tentando engravidar ou amamentando, além de pessoas com condições clínicas não controladas, instáveis ou com histórico de artrite e artralgia. Pessoas em terapia de imunossupressão, como corticoides, ou tratamento por radioterapia também não podem ser voluntários.

As informações são do Folha PE.

Sinal 5G chega hoje a Belo Horizonte, João Pessoa e Porto Alegre

A partir desta sexta-feira (29), a rede 5G começa a funcionar em Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB) e Porto Alegre (RS). A liberação para ativar o sinal de 5G foi anunciada na quarta-feira (27) pelo Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência (Gaispi), ligado à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Com a decisão, as capitais acompanham Brasília, a única cidade onde o sinal da nova tecnologia já está disponível.

A avaliação do Gaispi é que essas capitais atenderam os requisitos mínimos necessários à liberação da faixa de 3,5 gigahertz (GHz), como a realização de testes preliminares para identificar e sanar a possibilidade do sinal do 5G afetar a recepção das antenas parabólicas domésticas ou mesmo sistemas profissionais, tais como sinais por satélite emitidos em frequências adjacentes.

Segundo a Anatel, as prestadoras de telefonia móvel que adquiriram lotes na faixa de 3,5 GHz têm até 29 de setembro para cumprir a primeira exigência de cobertura do Edital de 5G: a instalação de, no mínimo, uma antena de tecnologia de 5G para cada 100 mil habitantes nas capitais brasileiras.

“As regras definidas pela Agência determinam o adensamento da cobertura de 5G em 3,5 GHz nas capitais até julho de 2025, devendo a nova tecnologia estar presente em todos os municípios até 2029”, informou a Anatel.

Em Brasília, o sinal do 5G foi ativado em 6 de julho. Desde então, segundo os conselheiros da Anatel, na capital federal a cobertura vem sendo expandida rapidamente, com a otimização da rede seguindo o cronograma que estabelece os prazos máximos para que as empresas instalem novas estações. Assim como em Brasília, a área atendida em outras três localidades já autorizadas será ampliada pouco a pouco.

O Gaispi voltará a se reunir no dia 10 de agosto, quando os conselheiros avaliarão a liberação do sinal do 5G em outras capitais. Inicialmente, o edital do leilão 5G previa que a infraestrutura necessária à ativação do sinal deveria ocorrer até 31 de julho, em todas as capitais, mas o próprio Gaispi pediu à Anatel que o prazo fosse prorrogado por 60 dias para contornar problemas logísticos que atrasaram a entrega de equipamentos importados da China.

Interferências

Para contornar possíveis interferências causadas a uma parte dos cidadãos que utilizam antenas parabólicas da chamada Banda C, a Entidade Administradora da Faixa (EAF) da Anatel criou um programa para distribuir, gratuitamente, às famílias carentes das capitais brasileiras e que estão registradas no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, kits contendo novas antenas digitais, conversores e cabos. O pedido do kit e de instalação dos aparelhos pode ser feito pelo site do Programa de Distribuição de Kits, criado pela EAF.

Antenas

Ontem (28), foi sancionada a Lei 14.424/2022 que autoriza as operadoras de telefonia a instalarem infraestrutura de telecomunicações em áreas urbanas, caso o órgão competente não se manifeste sobre o pedido em 60 dias. Conhecida como silêncio positivo, a autorização deve facilitar a implantação das antenas 5G de internet no Brasil.

Na prática, a norma altera a Lei Geral das Antenas (13.116/2015), para garantir uma rapidez na oferta de infraestrutura de telefonia e internet, já que cada município dispõe de normais locais. Apesar da facilitação, as empresas não estão isentas de seguir as regras municipais de ocupação do solo.

O texto estabelece que o órgão ou entidade competente poderá cassar, a qualquer tempo, a licença, caso as condições estipuladas no requerimento ou em demais leis e normas pertinentes sejam descumpridas. A lei também garante que cabe recurso administrativo com efeito suspensivo da decisão.

As informações são da Agencia Brasil.

Inscrições para o ProUni começam na próxima segunda-feira

Começa na próxima segunda-feira (01) e vai até o dia 4 de agosto o período de inscrição na edição do segundo semestre de 2022 do Programa Universidade para Todos (Prouni).

Podem participar estudantes interessados em bolsas de estudo parciais, de 50%, ou integrais, de 100%, em diversas universidades privadas, desde que tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e atingido, no mínimo, a média de 450 pontos em cada matéria do exame. Além disso, o estudante não pode ter zerado a prova de redação e nem ter participado como treineiro.

Segundo o edital do ProUni, o resultado com a lista dos candidatos pré-selecionados estará disponível na página oficial do Programa, neste link, e será constituído de duas chamadas sucessivas. A 1ª chamada será no dia 8 de agosto e a 2ª chamada em 22 de agosto de 2022.

Novidades

Uma das novidades desta edição é que a inscrição deverá ser feita por tipo de modalidade de concorrência, que são: ampla concorrência e ações afirmativas. Com isso haverá ainda uma ordem de prioridade para a classificação dos candidatos inscritos conforme cada modalidade escolhida.

Outra mudança é a ampliação dos critérios de origem escolar do estudante que deseja disputar as bolsas do Prouni. A classificação observará a modalidade de concorrência escolhida pelo estudante em sua inscrição por curso, turno, local de oferta, instituição, e dentro de cada modalidade deverá ser obedecida a ordem decrescente das notas do Enem e, segundo o Edital, priorizada a seguinte ordem:

– professor da rede pública de ensino, exclusivamente para os cursos de licenciatura e pedagogia destinados à formação do magistério da educação básica, se for o caso e se houver inscritos nessa situação;
– estudante que tenha cursado o ensino médio integralmente em escola da rede pública;
– estudante que tenha cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;
– estudante que tenha cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista parcial da respectiva instituição ou sem a condição de bolsista;
– estudante que tenha cursado o ensino médio integralmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição; e
– estudante que tenha cursado o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista parcial da respectiva instituição ou sem a condição de bolsista.

Renda

Para participar do processo o candidato deve preencher alguns critérios como as exigências de faixas de renda per capita: até 1,5 salário mínimo, para bolsa integral; e até 3 salários mínimos, para bolsa parcial que representa 50% do valor da mensalidade do curso.

Segundo o Ministério da Educação, a classificação dos estudantes inscritos nos processos seletivos do ProUni considerará as notas obtidas nas duas últimas edições do Enem, imediatamente anteriores ao processo seletivo do ProUni para ingresso em curso de graduação ou sequencial de formação específica.

A lista de critérios para a inscrição exige ainda que o candidato à bolsa seja brasileiro, não portador de diploma de curso superior que tenha participado do Enem em qualquer das duas últimas edições e que atenda a pelo menos uma das condições a seguir:

I- estudante que tenha cursado:

– o ensino médio integralmente em escola da rede pública;
– o ensino médio integralmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;
– o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;
– o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista parcial da respectiva instituição ou sem a condição de bolsista; e
– o ensino médio integralmente em instituição privada, na condição de bolsista parcial da respectiva instituição ou sem a condição de bolsista;

II – estudante pessoa com deficiência, na forma prevista na legislação; e

III – professor da rede pública de ensino, exclusivamente para os cursos de licenciatura e pedagogia, destinados à formação do magistério da educação básica, independentemente da renda a que se referem os §§ 1º e 2º do art. 1º da Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005.

As informações são da Agencia Brasil.

Homem é morto a tiros no bairro Santa Margarida em Salgueiro

Um homicídio foi registrado na noite desta quinta-feira (28), por volta das 21:30min, na Rua São José, Pimenta 5, no bairro Santa Margarida em Salgueiro.

De acordo com as informações apuradas, a vítima é Anderson Lucas da Silva, “vulgo Nego gruda”, um ex-presidiário. Populares relataram que Anderson Lucas foi chamado por uma dupla de moto que em seguida efetuou vários disparos de arma de fogo. Ele ainda tentou fugir, mas foi perseguido e executado próximo a um córrego. Ele veio a óbito no local e ainda não se sabe a motivação do crime, e nem os autores. A vítima respondia por tentativa de homicídio e um inquérito foi aberto para investigar.

As informações são de Francisco Brito.