Prêmio da Mega da Virada pode ser o maior já “esquecido” na história – vencedor só tem até hoje para resgatar R$162 milhões

O prazo final para que um dos grandes ganhadores da Mega da Virada retire os seus R$ 162,6 milhões é até o fim desta quarta-feira (31/1). O sortudo de São Paulo (SP) chegou ao 90º dia sem pegar a bolada — a regra da Caixa estipula 90 dias para recolher os prêmios. Caso os milhões não sejam retirados, irão para o Fundo de Financiamento do Ensino Superior (FIES).

Com as dezenas 17-20-22-35-41-42, o concurso 2330 sorteado na virada do ano de 2020 para 2021 sorteou o maior prêmio da história das loterias da Caixa: R$ 352,2 milhões. Duas apostas acertaram as seis dezenas e dividiram o prêmio, o “sumido” de São Paulo e outro de Aracaju (SE) — que já sacou a bolada.

O Procon de São Paulo notificou a Caixa Econômica Federal para que a instituição notifique o ganhador da Mega da Virada. A Caixa informa que, por lei, não pode identificar os vencedores dos concursos das Loterias .

O Procon alega que “Se é possível a identificação do apostador, a Caixa não pode comodamente aguardar o decurso do prazo e se apropriar do dinheiro. E caso o apostador esteja morto, segundo o diretor executivo do Procon, o prêmio pertence aos seus herdeiros”.

Caso os R$ 162 milhões não sejam resgatados, o valor vai para hall de maior valor já deixado para trás das Loterias Caixa.

One thought on “Prêmio da Mega da Virada pode ser o maior já “esquecido” na história – vencedor só tem até hoje para resgatar R$162 milhões

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *