Bancada da Câmara de Vereadores de Salgueiro faz balanço dos primeiros 100 dias de legislatura

Após as eleições de 2020, com a renovação de várias cadeiras da Câmara de Vereadores de Salgueiro, a bancada denominada “Bancada da Verdade”, composta por oito vereadores de oposição a atual gestão municipal tem ganhado notoriedade através dos mandatos propositivos em Salgueiro.

O grupo formado por Henrique Leal Sampaio (PSD), Léo Parente (PL), André de Zé de Esmeraldo (PL), Flavinho (PSD), Baldin (DEM), Emmanuel Sampaio, (DEM), Prof. Agaeudes (DEM) e Savio Pires (DEM) está se mostrando ativo e eficaz, sem discurso em posição de ataque ou de cunho político, focado em beneficiar o interesse do povo e respeitar a população salgueirense. Nestes quase 100 dias do quadriênio 2021/2024, a nova legislatura municipal apresentou e aprovou matérias sobre inúmeros temas.

Segundo o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo – SAPL, ao todo, estes parlamentares protocolaram 217 propostas na Casa de Leis até a última sessão. As matérias atuam em frentes como: sugestões ao Poder Executivo no sentido de aprimorar as ações em saúde pública; iniciativas que buscam fortalecer os segmentos da economia fragilizados pela pandemia; medidas para melhorar o abastecimento de água no município; implantação de medidas para o trânsito da cidade, implantação de métodos para oferecer transparência às obras públicas, entre outros.

Os parlamentares municipais também estão trabalhando com imparcialidade e celeridade nas aprovações dos Projetos de Lei do Executivo que trazem benefícios ao município, um exemplo disso foi a aprovação do PL que equiparou o piso salarial dos servidores municipais ativos e inativos ao salário mínimo nacional. A aprovação demonstrou que a bancada está trabalhando a serviço da população e com respeito ao erário público.

No início de 2021, seis vereadores desta Bancada foram até Brasília buscar emendas e pedir a liberação de recursos para algumas obras no município, entre elas estavam a Reforma do Parque das Crianças, a realização da passagem molhada que liga a Granja Aurora ao Novo Everest, uma emenda parlamentar para apoio no custeio da construção da adutora que vai ligar a barragem do Negreiro à estação de tratamento, maquinários para associações rurais, entre outros.

Além de legislar, os vereadores também vêm agindo com zelo ao serviço público no que diz respeito ao ato de fiscaliza o Poder Executivo. Segundo informações da Câmara de Vereadores, já foram realizadas mais de 12 denúncias aos órgãos fiscalizadores, como Tribunal de Contas e Ministério Público.

A saúde pública tem que ser prioridade para o trabalho de qualquer governo, em tempos de pandemia, essa responsabilidade e obrigação no atendimento integral à população aumentam ainda mais. Os representantes da Bancada da Verdade realizaram, no último mês, visitas em Unidades Básicas de Saúde para verificar o funcionamento dos atendimentos e a distribuição de medicamentos. É através deste trabalho que os representantes apontam as principais necessidades das unidades de saúde e cobram a resolução pela pasta responsável. Ainda no âmbito da pandemia de covid-19, foi realizado um relatório de vacinação com diversas irregularidades. O Secretário Municipal de Saúde foi convidado a tribuna da casa para prestar esclarecimentos à população.

O líder da oposição na Câmara de Vereadores, Agaeudes Sampaio (DEM) faz uma leitura bastante positiva sobre o trabalho do legislativo nestes 100 dias. “Nossos mandatos têm sido ativos e contínuos, focados em fazer o papel de representar à população. Estamos cobrando e buscando alternativas para resolver as necessidades que não são atendidas por quem é de obrigação. Foi para isso que fomos eleitos e o povo vem reconhecendo e aprovando o nosso trabalho”, ressaltou o Presidente.

Salgueiro inicia vacinação contra covid em público de 55 a 59 anos com comorbidades

Em Salgueiro, as pessoas com comorbidades que tem entre 55 e 59 anos já poderão receber a vacina a partir desta segunda-feira (5). Para isso, deverão se dirigir aos postos de saúde do seu bairro.

Nos dois pontos do drive-thru (Bomba e ACS), o foco será a aplicação da 2ª dose para completar a imunização de idosos acima de 70 anos, que também acontecerá nas Unidades Básicas. Segundo a Prefeitura, os idosos acima de 60 anos e os profissionais da saúde que estão aptos a tomar a segunda dose, também poderão se dirigir a Secretaria Municipal de Saúde para recebê-la.

Para ser vacinado, é necessário apresentar o CPF ou cartão do SUS, um documento oficial com foto e um comprovante de residência.

As comorbidades prioritárias para vacinação são:

  • Diabetes mellitus – Qualquer indivíduo com diabetes
  • Pneumopatias crônicas graves – Indivíduos com pneumopatias graves incluindo doença pulmonar obstrutiva crônica, fibrose cística, fibroses pulmonares, pneumoconioses, displasia broncopulmonar e asma grave (uso recorrente de corticoides sistêmicos, internação prévia por crise asmática).
  • Hipertensão Arterial Resistente (HAR) – HAR= Quando a pressão arterial (PA) permanece acima das metas recomendadas com o uso de três ou mais anti-hipertensivos de diferentes classes, em doses máximas preconizadas e toleradas, administradas com frequência, dosagem apropriada e comprovada adesão ou PA controlada em uso de quatro ou mais fármacos antihipertensivos
  • Hipertensão arterial estágio 3 – PA sistólica ≥180mmHg e/ou diastólica ≥110mmHg independente da presença de lesão em órgão-alvo (LOA) ou comorbidade
  • Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade – PA sistólica entre 140 e 179mmHg e/ou diastólica entre 90 e 109mmHg na presença de lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade
  • Doenças Cardiovasculares – Insuficiência Cardíaca, Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar, Cardiopatia hipertensiva, Síndromes coronarianas, valvopatias, Miocardiopatias e Pericardiopatias, Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas, arritmias cardíacas, Cardiopatias congênita no adulto, Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados,
  • Doença cerebrovascular – Acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico; ataque isquêmico transitório; demência vascular
  • Doença renal crônica – Doença renal crônica estágio 3 ou mais (taxa de filtração glomerular < 60 ml/min/1,73 m2) e/ou síndrome nefrótica
  • Imunossuprimidos – Indivíduos transplantados de órgão sólido ou de medula óssea; pessoas vivendo com HIV e CD4 10 mg/dia ou recebendo pulsoterapia com corticoide e/ou ciclofosfamida; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias; pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses; neoplasias hematológicas.
  • Anemia falciforme
  • Obesidade mórbida – Índice de massa corpórea (IMC) ≥ 40
  • Síndrome de down – Trissomia do cromossomo 21
  • Cirrose hepática

Auxílio Emergencial retoma na terça – veja os calendários de pagamento

A nova rodada do Auxílio Emergencial será paga a partir de 6 de abril para os trabalhadores que fazem parte do Cadastro Único e para os que se inscreveram por meio do site e do aplicativo do programa. Para os beneficiários do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril.

Os pagamentos dos inscritos no Cadastro Único ou via app e site começam em 6 de abril. Os pagamentos seguem mais uma vez as datas de nascimento dos beneficiários e serão feitos por meio de conta poupança digital da Caixa, que pode ser movimentada pelo Caixa TEM. Mais uma vez, será liberada primeiro a movimentação digital e, posteriormente, os saques.

para os trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril e seguirão o calendário já estabelecido para o benefício – sempre nos últimos dez dias úteis de cada mês. Para este público, os pagamentos serão feitos da mesma forma que é pago o Bolsa Família.

Pelas novas regras, o auxílio só será pago a famílias com renda total de até três salários mínimos por mês, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. Os trabalhadores poderão consultar, a partir de 1º de abril, se receberão a nova rodada do Auxílio Emergencial.

A consulta poderá ser feita no site da Dataprev, empresa estatal responsável por processar os pedidos – clique aqui para acessar. O beneficiário deverá informar o CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Serão pagas aos trabalhadores 4 parcelas com valor médio do benefício de R$ 250 – que vai variar de R$ 150 a R$ 375 conforme o perfil do beneficiário e a composição de cada família.

https://s2.glbimg.com/3oN1XKeF5jel6FCmK79AZKHEwOE=/0x0:1340x1188/1008x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2021/Y/e/Z7ko9FTk6hiumKcWvJFg/meiky-aux-lio-emergencial-2021-benefici-rios-do-bolsa-fam-lia-1-.png

Prêmio da Mega da Virada pode ser o maior já “esquecido” na história – vencedor só tem até hoje para resgatar R$162 milhões

O prazo final para que um dos grandes ganhadores da Mega da Virada retire os seus R$ 162,6 milhões é até o fim desta quarta-feira (31/1). O sortudo de São Paulo (SP) chegou ao 90º dia sem pegar a bolada — a regra da Caixa estipula 90 dias para recolher os prêmios. Caso os milhões não sejam retirados, irão para o Fundo de Financiamento do Ensino Superior (FIES).

Com as dezenas 17-20-22-35-41-42, o concurso 2330 sorteado na virada do ano de 2020 para 2021 sorteou o maior prêmio da história das loterias da Caixa: R$ 352,2 milhões. Duas apostas acertaram as seis dezenas e dividiram o prêmio, o “sumido” de São Paulo e outro de Aracaju (SE) — que já sacou a bolada.

O Procon de São Paulo notificou a Caixa Econômica Federal para que a instituição notifique o ganhador da Mega da Virada. A Caixa informa que, por lei, não pode identificar os vencedores dos concursos das Loterias .

O Procon alega que “Se é possível a identificação do apostador, a Caixa não pode comodamente aguardar o decurso do prazo e se apropriar do dinheiro. E caso o apostador esteja morto, segundo o diretor executivo do Procon, o prêmio pertence aos seus herdeiros”.

Caso os R$ 162 milhões não sejam resgatados, o valor vai para hall de maior valor já deixado para trás das Loterias Caixa.

Pernambuco inicia flexibilização de atividades amanhã – veja como ficam os serviços no estado

Pernambuco chegou, nesta quarta-feira (31) ao último dia da quarentena decretada pelo governo do estado para tentar diminuir a contaminação da Covid-19. Em vigor desde o dia 18 de março, as restrições passam a ser flexibilizadas a partir da quinta-feira (1°), na véspera do feriado de Páscoa.

De acordo com o governo do estado, o retorno das atividades ocorre de maneira gradual, obedecendo aos protocolos específicos para cada serviço. O plano deve seguir até o dia 25 de abril, quando novas flexibilizações podem ser anunciadas.

Estabelecimentos voltados à prática de atividades físicas como academias podem abrir das 5h às 20h, de segunda-feira a sexta-feira, e das 5h às 17h, nos finais de semana e feriados.

Celebrações religiosas em igrejas, templos e demais locais de culto passam a ser permitidas de segunda a sexta, no período das 5h às 20h, e aos finais de semana e feriados, das 6h às 17h.

Para locais como bares, restaurantes e lanchonetes, o funcionamento presencial é permitido das 5h às 20h de segunda a sexta. Nos sábados, domingos e feriados, o funcionamento deve ocorrer das 9h às 17h, mas com possibilidade de funcionar no esquema de delivery, ponto de coleta ou drive-thru depois desse horário.

Ainda segundo o decreto, as atividades educacionais em escolas e universidades, públicas e privadas, devem ser retomadas a partir da segunda-feira (5), respeitando os protocolos de prevenção à Covid-19. As aulas podem ocorrer das 6h às 22h, mas é preciso obedecer a critérios como rodízio de alunos e funcionamento com 50% da capacidade.