Forró é declarado patrimônio imaterial brasileiro pelo Iphan

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) decidiu, nesta quinta-feira (9), declarar o forró como patrimônio imaterial brasileiro por unanimidade. A definição ocorreu em reunião extraordinária do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural da entidade, o qual também considerou a expressão musical como supergênero. O processo foi aberto em 2011.

De acordo com o órgão, o forró é considerado um supergênero por agrupar ritmos e expressões musicais como o baião, o xote, o xaxado, o chamego, o miudinho, a quadrilha e o arrasta-pé.

“Manifesto-me plenamente favorável ao registro pelo Iphan das matrizes tradicionais do forró, munidas das formas de expressão com abrangência nacional”, afirmou a relatora do processo na entidade, Maria Cecília Londres Fonseca.

O reconhecimento do forró como patrimônio imaterial do Brasil acontece a apenas quatro dias do Dia do Forró, celebrado anualmente no dia 13 de dezembro, dia do nascimento de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Gonzagão nasceu em Exu no dia 13 de dezembro de 1912.

Tribunal de Contas sugere que Prefeito de Salgueiro seja multado por irregularidade em contratações

Um Relatório de Auditoria Especial do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco de julho de 2021 mas que só foi divulgado no último 1, opinou pela irregularidade nas contratações de duas empresas que prestam serviço para o município.

O relatório sugere que o prefeito de Salgueiro, Marcones Libório, realize a devolução aos cofres públicos de R$ 13.348,24 e realize o pagamento de duas multas no valor de R$ 17.179,00, sendo uma para cada contrato feito irregularmente. O Secretário de Serviços Públicos da atual gestão também é apontado pelo TCE/PE no relatório. A soma do débito totaliza cerca de R$ 48 mil.

O relatório explica que o prefeito Marcones Libório deve ser responsabilizado por contratar emergencialmente empresa para Manutenção do Aterro Sanitário, com preços superiores ao do mercado. “A imputação de débito ao gestor é decorrente de pagamento por serviços contratados por dispensa de licitação com valores superiores aos que vinham sendo praticados até dezembro de 2020,” explica trecho do documento.

Constatou-se ainda, segundo o TCE, a contratação emergencial de empresas ligadas ao seu grupo político, afrontando a Lei de Licitações e o princípio da Impessoalidade. A empresa contratada seria a atual responsável pela Limpeza Pública da cidade.

Clique aqui para ler o relatório completo.

Médicos podem ter descoberto a causa do surto de lesões na pele em Pernambuco

A Secretaria Executiva de Vigilância em Saúde do Recife, no que diz respeito ao surto de lesões na pele em Pernambuco, está considerando que o motivo de causa desse surto seja o contato com cerdas de um tipo específico de mariposa, sendo estas da espécie hylesia.

Segundo informações divulgadas pela Secretaria, as mariposas desta determinada espécie liberam cerdas, quando voam próximo a lugares luminosos. Também foi informado pela Secretaria que a cidade do Recife, atualmente, é contabilizada como o município com maior número de casos registrados, somando um total de 335 notificações até o momento.

Investigações do caso apontam que as pesquisas feitas na água não demonstraram que a mesma possa estar provocando as lesões.

Vacinas são eficazes contra a Ômicron, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) revelou, nessa terça-feira (7), que as vacinas são eficazes contra a nova variante Ômicron do coronavírus, detectada na África do Sul e presente em cerca de 40 países, ao proteger os infectados que desenvolvem doença grave.

“Não há razão para duvidar” de que as vacinas atuais protegem os doentes infectados com Ômicron contra formas graves de covid-19, afirmou o responsável pela resposta de emergência em saúde pública da OMS, Michael Ryan, em entrevista.

“Temos vacinas muito eficazes que se mostram potentes contra todas as variantes até agora, em termos de gravidade da doença e hospitalização, e não há razão para acreditar que não seja o caso” com a Ômicron, disse Ryan, acrescentando que estão no início estudos da variante, detectada apenas em 24 de novembro.

Liminar da Justiça Federal suspende processo seletivo para cursos técnicos do IFPE 2022.1

Decisão liminar proferida pelo juiz da 21ª da Justiça Federal em Pernambuco (JFPE) Francisco Antônio de Barros e Silva Neto, nesta terça-feira (7), suspendeu o processo seletivo para ingresso de novos alunos nos cursos técnicos de nível médio integrado (incluindo Proeja) no ano letivo 2022.1 do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE).

A decisão abrange todos os cursos e campis listados no Edital n. 44/2021 de abertura do Processo de Ingresso 2022.1, que adotou como forma de seleção o sistema de  médias escolares nas disciplinas de  língua portuguesa e matemática em substituição ao tradicional sistema de provas objetivas.

Segundo o autor da ação, esse formato adotado não submete os concorrentes às mesmas condições de avaliação.

O juiz federal determinou urgência para a notificação do IFPE sobre a suspensão do procedimento descrito no Edital n. 44/2021, e à unidade coatora (reitor do IFPE) para se abster da prática de qualquer ato até decisão judicial ulterior.

O edital citado contemplou cursos técnicos de nível médio nas modalidades integrado, qualificação profissional (Proeja) e subsequente, presenciais, nas unidades Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira, Recife e Vitória de Santo Antão.