Morre salgueirense com doença rara que cobrava tratamento do governo de PE

Morreu na madrugada deste domingo (5), o salgueirense Janilson Leal do Nascimento, 40 anos, diagnosticado com uma doença rara chamada Hemoglobinuria Paroxistica Noturna (HPN). Ele estava internado sentindo fortes dores.

Há meses Janilson vinha lutando por um tratamento que não é vendido em farmácias e só podia ser obtido por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). As ampolas do Eculizumabe Soliris 10mg/mL custam, ao todo, cerca de R$ 863 mil. O homem faleceu sem conseguir ajuda governamental para aquisição do medicamento. O tratamento requeria 26 ampolas, R$ 33.200 cada uma. O salgueirense faleceu deixando esposa e dois filhos, um de 4 anos e o outro de apenas 1 ano.

A família de Janilson culpa o governador Paulo Câmara pela falta de assistência que acabou tirando a vida de Janilson. Uma prima fez um desabafo emocionante nas redes sociais. Assista.

Censo 2022: nova seleção terá mais de 207 mil vagas, diz IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que recebeu nesta sexta-feira (3) autorização oficial para realizar o processo seletivo com mais de 207 mil vagas para o Censo 2022. A informação foi publicada no Diário Oficial da União pela Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital.

Serão selecionados 207.020 agentes temporários para as funções de agente censitário municipal (5.500 vagas), agente censitário supervisor (18.420 vagas), recenseador (183.100 vagas).

Haverá vagas em todos os municípios do país. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) é a empresa organizadora.

As inscrições nos processos seletivos de 2020 e 2021 não são válidas para o novo do Censo 2022.

Os interessados deverão fazer nova inscrição e pagar a taxa de inscrição para participar do novo processo seletivo.

O Censo Demográfico visitará os mais de 70 milhões de domicílios brasileiros, em todas as cidades do país, a partir de junho do próximo ano.v

Governo anuncia pagamento de vale-gás de R$52 a partir deste mês

A primeira parcela do vale-gás será paga ainda este mês para 5,58 milhões de famílias e terá o valor de R$ 52, informou o Ministério da Cidadania.

O cálculo corresponde a 50% da média do preço do botijão de 13 kg de gás liquefeito de petróleo (GLP) no Brasil. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o valor médio do botijão no país está, hoje, em R$ 102,46.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) assinou o decreto que regulamenta o programa “Auxílio Gás dos Brasileiros”. O texto foi publicado no “Diário Oficial da União” desta sexta-feira (3). Segundo o decreto, o benefício será pago a cada dois meses no valor equivalente a 50% do preço médio nacional do botijão de gás de 13 kg.

O programa terá duração de 5 anos. Assim, como o pagamento será a cada dois meses, a previsão é de que sejam pagas 30 parcelas.

Para custear o programa, Bolsonaro enviou um projeto de lei ao Congresso Nacional para pedir a abertura de crédito especial de R$ 300 milhões.

Serra Talhada ocupa 2º lugar em geração de emprego no Sertão; Salgueiro tem saldo negativo e é a 4ª pior cidade

O Sertão de Pernambuco apresentou saldo positivo de 1.073 vagas de trabalho no último mês de outubro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência, divulgados na última terça-feira (30). São 2.267 vagas a menos que o mês de setembro, quando as 56 cidades da região registraram 3.340 novos postos formais.

No total, 17 cidades sertanejas apresentaram crescimento no índice de empregos no mês de outubro em relação a setembro de 2021

A maior queda foi registrada em Petrolina, com apenas 481 postos. Em setembro a cidade havia gerado 2.232 vagas formais. Em contrapartida, Serra Talhada mostrou recuperação, com 131 vagas, contra saldo negativo de -209 em setembro. A cidade ocupa o segundo lugar do ranking no Sertão. Já Arcoverde registrou crescimento, com 74 vagas. São 15 a mais que o mês anterior. Araripina sofreu queda, mas fechou o mês com saldo positivo de 15, enquanto Salgueiro apresenta saldo negativo de -131. Em setembro a cidade fechou o mês com menos 81 postos.

No levantamento por região, o melhor saldo é do Sertão do São Francisco, com 534 vagas; seguido pelo Sertão do Moxotó, com 209; Sertão do Pajeú, com 180; Sertão do Araripe, com 90; Sertão de Itaparica, com 42; e Sertão Central, com 18 vagas.

RANKING EMPREGOS NO SERTÃO OUTUBRO 2021

1 – Petrolina (481)
2 – Serra Talhada (131)
3 – Custódia (124)
4 – Arcoverde (74)
5 – Trindade (44)
6 – Belém do São Francisco (33)
7 – Terra Nova (27)
8 – Ipubi (17)
9 – Tabira (17)
10 – Araripina (15)
11 – Dormentes (14)
12 – Serrita (11)
13 – São José do Egito (10)
14 – Floresta (9)
15 – Santa Maria da Boa Vista (8)
16 – Carnaíba (7)
17 – Exu (7)
18 – Manari (6)
19 – Ouricuri (6)
20 – Orocó (4)
21 – Parnamirim (4)
22 – Triunfo (4)
23 – Ibimirim (3)
24 – Iguaracy (3)
25 – Itapetim (3)
26 – Santa Cruz da Baixa Verde (3)
27 – Betânia (2)
28 – Verdejante (2)
29 – Brejinho (1)
30 – Cedro (1)
31 – Santa Cruz (1)
32 – Santa Terezinha (1)
33 – Afogados da Ingazeira (0)
34 – Cabrobó (0)
35 – Calumbi (0)
36 – Granito (0)
37 – Ingazeira (0)
38 – Itacuruba (0)
39 – Quixaba (0)
40 – Santa Filomena (0)
41 – Solidão (0)
42 – Mirandiba (-1)
43 – Moreilândia (-1)
44 – Carnaubeira da Penha (-2)
45 – Bodocó (-3)
46 – Jatobá (-4)
47 – Tuparetama (-4)
48 – Flores (-5)
49 – Petrolândia (-5)
50 – Inajá (-6)
51 – Afrânio (-8)
52 – Tacaratu (-15)
53 – Salgueiro (-131)
54 – Lagoa Grande (-252)
55 – S.J. Belmonte (-225)
56 – Sertânia (-225)

Confirmados casos da ‘coceira misteriosa’ em Serra Talhada, Triunfo e Floresta

A XI Geres (Gerência Regional em Saúde) confirmou ao site Farol de Notícias os primeiros registros da ‘coceira misteriosa’ em Serra Talhada, Triunfo e Floresta. A enfermidade já vem assolando diversas cidades do Estado.

A diretora da Geres, Carla Milene, detalhou ao Farol que 4 casos estão ativos no sistema, sendo 2 de Serra Talhada, notificados no dia 24 de novembro pelo Hospam, 1 caso em Floresta notificado no dia 26 de novembro no Hospital Coronel Álvaro Ferraz, e outro notificado quarta-feira (1) em Triunfo. O surto já atinge 427 pessoas no estado e tem causado preocupação nos especialistas, uma vez que a causa ainda não foi identificada

“A gente monitora através do Centro Integrado e Estratégico em vigilância em Saúde (CIEVS), o que a gente está chamando de dermatite pruriginosa a esclarecer, todas as 12 regiões de saúde do estado estão monitorando os seus territórios diariamente, então foi construído um formulário que foi repassado para todos os municípios da XI Geres e os casos suspeitos que chegarem nas unidades de saúde devem preencher esse formulário imediatamente e encaminhar até às 15h para o CIEVS”, alertou Carla Millene.