Salgueirense que mora na Ucrânia relata tensão no país após invasão russa

Casada com o jogador Júnior Reis, que atualmente joga num time da Ucrânia, mas atuou no Salgueiro Atlético Clube entre 2017 e 2018, a salgueirense Vitória, 23 anos, se encontra hoje aflita, numa zona de guerra após a Rússia invadir o país vizinho. Em entrevista à Salgueiro FM na manhã desta quinta, ela relatou a situação de temor na Ucrânia.

“A situação aqui é bem complicada. A gente está tentando de todas as formas sair do país. Procuramos a embaixada [brasileira] e a única informação que temos é que vai ter uma evacuação partindo de Kiev, só que não estamos em Kiev, a gente está a cerca de 500 km. A gente mora em Zaporíjia, que fica mais próxima das áreas de conflito”, disse, pedindo oração da população de Salgueiro.

Vitória ressalta que sua família em Salgueiro está ajudando a divulgar a situação dela, do marido e do filho na Ucrânia, pedindo auxílio do governo brasileiro para deixar o país. “Fizemos um vídeo, pedimos divulgação e o pessoal de Salgueiro está nos ajudando muito. Agradeço e vamos continuar para que venha a ter um resgate mesmo, porque a gente está entrando em pânico, porque é muito difícil”, completou.

A Rússia invadiu a Ucrânia nesta quinta, depois de o presidente Vladimir Putin declarar duas áreas do país vizinho independentes, Donetsk e Luhansk, inflamando os ânimos de separatistas da região. Muitos países condenaram a atitude russa e os Estados Unidos garantem que a nação socialista será responsabilizada pelo ato contra a soberania da Ucrânia.

Informações do Blog Alvinho Patriota

Rússia tomou controle da usina nuclear de Chernobyl, diz Ucrânia

A usina nuclear de Chernobyl foi capturada pelos militares da Rússia, de acordo com um conselheiro do gabinete presidencial da Ucrânia, Mykhailo Podolyak.

“É impossível dizer se a usina nuclear de Chernobyl está segura após um ataque totalmente sem sentido dos russos”, disse.”Essa é uma das ameaças mais sérias na Europa agora”,

Mais cedo, Podolyak acusou a Rússia de querer cometer um “ato terrorista”.

“Há vários dados operacionais de que a Federação Russa quer cometer um ato terrorista na usina nuclear de Chernobyl e causar uma catástrofe ambiental poderosa. Isso muda a imagem do que está acontecendo na Ucrânia, está claro que a Rússia não quer só derrubar o governo ou substitui-lo por fantoches – ela quer causar destruição máxima na Ucrânia”, disse Mykhailo Podoliak, conselheiro do gabinete presidencial da Ucrânia.

Vereador de Petrolina, Gaturiano Cigano é preso preventivamente

O vereador de Petrolina, Gaturiano Cigano (União Brasil), foi preso preventivamente nesta quarta-feira (23) pela Polícia Federal (PF). Ele é um dos alvos da operação Errantes, que investiga crimes contra a Previdência Social cometidos por organização criminosa nos municípios de Filadélfia, no norte da Bahia, e nas cidades de Petrolina e Tabira, em Pernambuco.

A prisão foi decretada pela Justiça, atendendo requerimento do Ministério Público Federal (MPF) e da PF. Segundo o MPF, as investigações revelaram que a organização criminosa atuava na obtenção, de benefícios assistenciais e previdenciários através de fraudes contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Estima-se que o prejuízo aos cofres públicos seja superior a R$ 45 milhões.

O MPF informou também que a organização criminosa movimenta um comércio paralelo de aluguel, venda e permuta de cartões de saques de benefícios irregulares. Com a arrecadação através dos crimes, os líderes da organização criminosa possuem patrimônio elevado, com bens registrados em nome de terceiros, e praticam outras atividades ilícitas, como agiotagem.

O vereador foi encaminhado para a Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes, em Petrolina, e passará por Audiência de custódia nesta quinta-feira (24).

No dia 16 de fevereiro, Gaturiano Cigano foi preso com várias armas de uso restrito no carro em que dirigia, na BR 428. Na ocasião, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o vereador e mais dois homens são suspeitos de participação de uma tentativa de homicídio na cidade de Mirandiba, em Pernambuco. Os três teriam atirado contra a delegacia, para matar um desafeto. O vereador teria sido liberado após pagamento de fiança.

Visando o prazo das eleições, Governo de Pernambuco anuncia reajuste para servidores estaduais

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, enviou, nesta quarta-feira (23), projeto de Lei à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) que concede reajuste linear de 5% no vencimento base para servidores públicos.

Também seguiu para o Legislativo pernambucano um projeto que prevê a elevação dos vencimentos para as polícias e bombeiros, de até 20%, incluindo a Civil, que está em greve há nove dias.

A proposta também prevê aumento no valor do vale-refeição, que passa a R$ 242 mensais para servidores com carga horária de 30 horas semanais e R$ 334,40 para quem cumpre 40 horas por semana.

O projeto também concede a Parcela de Valorização do Servidor – Pares, que varia de acordo com o nível de escolaridade de cada cargo. Para servidores com nível fundamental, o valor nominal será de R$ 400; para os com nível médio, R$ 600; e para aqueles que têm nível superior, R$ 800.

Por causa da eleição, os servidores públicos não poderão receber reajuste salarial a partir de abril. A proibição vai até o fim da campanha eleitoral. A legislação determina que, em ano de eleições, servidores não podem receber aumento de salário. O objetivo é garantir o equilíbrio da disputa.

Atualmente, o Estado conta com 127.947 servidores ativos, 75.066 aposentados e 26.037 pensionistas.

Prefeito de Salgueiro suspende ponto facultativo de Carnaval

O prefeito de Salgueiro, Marcones Sá, assinou um decreto na terça-feira (22), estabelecendo restrições para o período carnavalesco no município. Entre as medidas adotadas está o cancelamento do ponto facultativo para os servidores municipais nos dias 28 (fevereiro), 2 e 3 (março). A decisão segue o posicionamento do Governo do Estado, que também cancelou o ponto facultativo de carnaval.

O prefeito também suspendeu no âmbito do município qualquer manifestação carnavalesca no período de 25 de fevereiro a 1° de março, independente do número de participantes e/ou comercialização de ingressos. Quem descumprir, pode ser responsabilizado nos termos da legislação vigente.