Laudo conclui que ossada encontrada não é dos meninos de Belford Roxo

A ossada encontrada perto de uma ponte em Belford Roxo não é de nenhum dos três meninos desaparecidos na cidade da Baixada Fluminense desde o ano passado. Uma perícia realizada pela Polícia Civil concluiu que o material encontrado é de origem animal.

Segundo o laudo, os ossos são de “vértebras caudais de animais e não de falanges humanas”.

Lucas Matheus, Alexandre e Fernando Henrique sumiram no final de dezembro.

A ossada passou pelo teste depois que um homem se apresentou à polícia no fim do mês passado acusando o próprio irmão de ter participado da ocultação dos corpos.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense foi orientada a continuar as buscas.

Bolsonaro causa revolta após criticar Bruno Covas, morto em maio

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebeu duras críticas de internautas e políticos nesta segunda-feira (2) após criticar o ex-prefeito Bruno Covas (PSDB) pela ida à final da Libertadores com o filho Tomás, em 30 de janeiro deste ano. O ataque ao político, falecido em 16 de maio, aos 41 anos, por conta de um câncer entre o estômago e o esôfago, causou revolta nas redes. O PSDB, partido do ex-prefeito, se manifestou em repúdio à fala do presidente.

“Bolsonaro não respeita os vivos, os mortos, as instituições, a democracia, o bom senso. Agora ataca até a memória de Bruno Covas, prefeito eleito por milhões de paulistanos”.

Bolsonaro disse que, apesar de estabelecer as medidas na capital paulista, o ex-prefeito foi assistir à final da Libertadores no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro, com o filho Tomás durante a pandemia, em 30 de janeiro.

“O outro, que morreu, fecha São Paulo e vai ver Palmeiras e Santos no Maracanã. Esse é o exemplo…”

O comentário quando o chefe do Executivo criticava a condução de gestores estaduais e municipais por tomarem medidas restritivas contra o avanço da Covid-19.

O filho de Bruno, Tomás Covas, de 15 anos, considerou a afirmação do presidente “uma fala covarde” ao atacar “quem não pode mais se defender”.

Na época, Covas disse que tirou três licenças da prefeitura para ficar com o filho e queria realizar promessa de levá-lo a uma final de Libertadores. Seu câncer já estava em estado avançando.

Sindicato dos Mototaxistas de Salgueiro ameaça judicializar ação caso prefeitura não cumpra lei

O Sindicato dos Mototaxistas, Taxistas e do Transporte Alternativo de Passageiros do Sertão Central (SINDIMOTT) em Salgueiro disse, na manhã desta terça-feira (3), que vai ajuizar uma ação em favor dos mototaxistas, caso o prefeito Marcones Sá não cumpra a Lei Municipal nº 2.149/2019 que regulamenta o serviço de transporte individual de passageiro por motocicleta – o serviço de mototaxi. O Sindicato realizou uma assembleia extraordinária para abordar a questão.

O Sindimott afirma que as ilegalidades cometidas pela prefeitura foram reclamadas em dois ofícios protocolados na sede do Executivo nos dias 22 de junho e 03 de agosto, sem que houvesse qualquer retorno. As reclamações dos profissionais são relativas à falta de intervenção do Poder Público Municipal no sentido de fiscalizar e coibir a clandestinidade do serviço de mototaxi que prejudica o serviço executado pelos profissionais legalizados.

“Desde janeiro estamos em busca das fiscalizações. Desde que a lei entrou em vigor em Salgueiro, muitos trabalhadores se regularizaram, emplacaram seus veículos, fizeram todos os cursos necessários e hoje estão disputando espaço com os não regularizados que não passaram por nenhum tipo de processo”, contou o presidente do Sindicato, Wirlanio Ferreira.

Segundo ele, os mototaxistas irregulares estão ocupando os pontos implantados pelo município, o que está prejudicando o exercício da profissão dos profissionais legalizados e trazendo insegurança para os usuários desse tipo de transporte.

Juliette entra no ‘livro dos recordes’ por post mais rápido a bater um milhão de curtidas

A vencedora do Big Brother Brasil 21, Juliette Freire, entrou oficialmente para o Guinness World Records – o livro dos recordes. A paraibana bateu o recorde mundial de post no Instagram que bateu 1 milhão de curtidas em menos tempo.

A publicação que garantiu o recorde foi a comemoração pela vitória no BBB 21, no 4 de maio.

O conteúdo levou apenas três minutos para chegar em um milhão de curtidas. O recorde anterior era da cantora Billie Eilish, que tinha alcançado a marca em 5 minutos. Hoje, a foto de Juliette já superou os 8 milhões de curtidas.

Após meses livre da covid-19, milhões de chineses voltam ao confinamento por surto de variante delta

Milhões de pessoas voltaram ao confinamento na China a partir desta segunda-feira (2), quando o país tenta conter seu maior surto de coronavírus em meses, agravado pela disseminação da variante delta no país. A aplicação em massa de testes e restrições a viagens se somam às medidas para conter o retorno da pandemia de Covid.

O país relatou 55 novos casos de coronavírus transmitidos localmente, nesta segunda-feira, quando um surto da variante delta, de rápida disseminação, atinge mais de 20 cidades em diferentes províncias. Os governos locais nas principais cidades, incluindo Pequim, já testaram milhões de residentes, enquanto isolam complexos residenciais e colocam casos de contato em quarentena.

A cidade Zhuzhou, no centro da província de Hunan, ordenou o confinamento de mais de 1,2 milhão de moradores em suas casas pelos próximos três dias, enquanto uma campanha de vacinação e de testes é realizada em toda a cidade, de acordo com um comunicado oficial. “A situação ainda é sombria e complicada”, afirmou o governo de Zhuzhou.

A situação se instala no país quando Pequim já comemorava o sucesso em ter reduzido os casos domésticos de Covid-19 a praticamente zero desde que o coronavírus surgiu pela primeira vez em Wuhan, no final de 2019. O controle da pandemia já permitia uma forte recuperação econômica.

Mas a calmaria durou pouco. O mais recente surto, ligado a um foco em Nanjing, onde nove funcionários do serviço de limpeza de um aeroporto internacional testaram positivo em 20 de julho, ameaça essa tranquilidade, com mais de 360 ​​casos domésticos registrados nas últimas duas semanas.