Pernambuco recebe 317 mil doses de vacinas da Janssen para reforço

Chegou a Pernambuco uma remessa com 317.400 doses da vacina da Janssem. Os imunizantes chegaram ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes na madrugada desta sexta-feira (4).

Seguindo a recomendação do Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação, essas vacinas serão utilizadas nas pessoas com mais de 18 anos, como dose de reforço tanto para aqueles que tomaram a dose única da Janssen como para quem tomou as duas doses de outros fabricantes, além de início de novos esquemas vacinais.

As vacinas recebidas já estão na sede do Programa Estadual de Imunizações (PEI) para conferência e destinação aos municípios, que deve ocorrer no próximo sábado (5). Após o encaminhamento para as Gerências Regionais de Saúde (Geres), os quantitativos ficarão à disposição dos gestores locais para retirada e utilização em suas campanhas. Esta é a sétima remessa do fabricante recebida no Estado.

Prestes a anunciar pré-candidato ao Governo de PE, Paulo Câmara se reúne com Lula

O governador Paulo Câmara (PSB) se reuniu com o ex-presidente Lula (PT) em São Paulo, nesta quinta-feira (3). “Importante reunião hoje com o presidente Lula em São Paulo. Conversamos sobre o futuro, o atual cenário socioeconômico do país e sobre as eleições no Brasil e em Pernambuco”, afirmou Paulo, em seu Twitter. A reunião ocorre em um momento de definição da chapa da Frente Popular e reafirma a aliança nacional entre PT e PSB.

O encontro teria o intuito de oficializar a escolha do pré-candidato do PSB ao Governo do Estado. Nos bastidores, especula-se que o martelo teria sido batido no nome do deputado federal Danilo Cabral (PSB). Com tom de pré-candidato ao Governo do Estado, Danilo Cabral fez uma postagem nas redes sociais afirmando que “2022 será o ano em que iremos devolver o Brasil aos Brasileiros”.

O parlamentar compartilhou um vídeo defendendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A postagem foi reproduzida no mesmo dia em que é esperado uma reunião entre o governador Paulo Câmara (PSB) e o petista, em que o nome de Cabral pode ser oficializado como líder da chapa majoritária da Frente Popular.

Informações FolhaPE

Criança de 2 anos sem comorbidades morre de Covid-19 em Juazeiro do Norte

Um menino de 2 anos faleceu na última quarta-feira (2) em decorrência da Covid-19 em Juazeiro do Norte. Segundo a Secretaria da Saúde do município, ele não apresentava comorbidades. A informação é do Jornal O Povo.

A criança foi transferida do Hospital Infantil Maria Amélia, localizado em Juazeiro do Norte, para o São Camilo, Hospital e Maternidade São Francisco de Assis, no Crato, onde ficou internada. Detalhes sobre a morte estão sendo investigados.

De acordo com o boletim epidemiológico de Juazeiro do Norte, do início da pandemia até a tarde desta quarta-feira (2), a cidade concentra 44.261 casos confirmados, 37.494 pacientes recuperados e 669 óbitos.

Desde o primeiro caso confirmado da Covid-19 no Ceará, o Estado registrou 129 mortes de crianças, de zero a 9 anos, pela doença, conforme dados da plataforma IntegraSUS.

A quantidade é maior do que a soma de todos os óbitos registrados durante 12 anos por outras doenças evitáveis através da vacinação. Em meio a esse cenário, especialistas defendem a necessidade dos pais manterem os esquemas vacinais dos filhos em dia.

Cidade na zona da mata pernambucana vive dias de medo, revolta e insegurança com assassino à solta

Após os dois casos de feminicídio registrados em Glória do Goitá, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, nos últimos dias, a polícia segue em busca do principal suspeito dos crimes. As investigações apontam que Edson Cândido Ribeiro, de 36 anos, é o suspeito de ter assassinado Kauany Mayara Marques da Silva, de 18 anos, e de estuprar e assassinar Jailma Muniz de Souza, de 19 anos. Desde essa segunda-feira (31), as polícias Civil e Militar realizam buscas pela área rural da cidade, onde Edson pode estar escondido.

As buscas iniciaram na manhã da segunda-feira após a polícia encontrar o corpo de Jailma Muniz de Souza, de 19 anos, que foi estuprada e assassinada com golpes de arma branca, na região do Sítio Cueiras, na zona rural do município.

De acordo com parentes, Jailma levava comida para a mãe e o irmão, que trabalham na agricultura, quando foi abordada pelo suspeito, por volta das 7h30. O corpo de Jailma foi encontrado a cerca de 100 metros de onde ela morava com a família.

Já na terça-feira (1), o corpo de Kauany Mayara Marques da Silva, de 18 anos, que estava desaparecida desde o sábado (29), foi achado dentro de um bueiro, em estado avançado de decomposição.

Após investigações e reconhecimento, Edson foi apontado como o suspeito de ter praticado os dois crimes. O suspeito é morador da cidade e já foi preso por crimes de roubo e estupro.

De acordo com populares, após assassinar Kauany, Edson teria tentado se esconder dentro da cidade, onde tentou atacar outras duas mulheres, que conseguiram fugir. Logo depois, seguiu em direção à zona rural, onde estuprou e assassinou Jailma.

Ainda pela manhã da segunda-feira, um homem foi atacado por Edson com golpes de facão, em uma estrada na área rural do município, mas conseguiu se desvencilhar do suspeito e fugiu.

Os crimes chocaram a região e autoridades do estado se dirigiram até a cidade. A deputada estadual e delegada Gleide Ângelo foi até Glória do Goitá, acompanhada da secretária de Estado da Mulher, Ana Elisa Sobreira, para prestar apoio às famílias das vítimas e acompanhar as investigações e a busca pelo suspeito.

As buscas seguiram pela noite desta quarta-feira (2), reunindo equipes da Polícia Civil, batalhões da Polícia Militar de Vitória de Santo Antão e Glória do Goitá, além de cães farejadores e um helicóptero. A área de mata é de difícil acesso e fica às margens da PE-50.

MPF consegue condenação por improbidade de ex-prefeito de Serrita

O Ministério Público Federal (MPF) obteve a condenação, na Justiça Federal, do ex-prefeito de Serrita/PE Carlos Eurico Ferreira Cecílio -, e do ex-secretário do Tesouro Municipal Antônio Celso Cecílio, por atos de improbidade praticados na gestão de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O responsável pelo caso é o procurador da República em Salgueiro/Ouricuri, Rodolfo Lopes.

A atuação do MPF decorreu de relatório de fiscalização da Controladoria-Geral da União (CGU), que apontou as irregularidades, referentes a recursos transferidos para o Fundeb nos anos de 2009 e 2010. Foi constatada ausência de aplicação dos recursos no desenvolvimento e manutenção da educação básica, bem como utilização da verba em outras áreas não relacionadas. Também não houve comprovação de despesas pela Secretaria Municipal de Educação, além de falhas no uso de recursos do Fundeb no pagamento de pessoal.

O valor total sem comprovação de aplicação ultrapassa R$ 480 mil. Conforme consta na ação de improbidade ajuizada pelo MPF, o Município de Serrita é titular de mais de uma conta do Fundeb, ao contrário do que é exigido por lei – o que dificulta o trabalho de auditoria dos órgãos de controle externo. Os saques eram realizados mediante cheque nominal à Tesouraria Municipal, sem identificação do beneficiário final, ou por transferência dos recursos eletronicamente para outras contas da Prefeitura que não constam na documentação apresentada pelos ex-gestores.

Também foi constatado uso da verba do Fundeb para pagamento de pessoal não lotado na Secretaria Municipal de Educação e que não exercia atividades vinculadas à área, bem como de servidores cedidos a órgãos estaduais, inclusive em período no qual o município necessitava de profissionais da Educação.

A Justiça Federal acatou parcialmente os pedidos da ação de improbidade do MPF e condenou Carlos Cecílio e Antônio Celso Cecílio ao ressarcimento do prejuízo causado aos cofres públicos, bem como à suspensão dos direitos políticos por oito anos e ao pagamento de multa civil no valor do dano. Carlos Cecílio também foi condenado à proibição de contratar com o Poder Público por oito anos. O MPF vai recorrer da sentença para aumentar as sanções. As informações são da Assessoria de Comunicação Social da Procuradoria da República em Pernambuco.